Os 2 Maiores Erros Que Todo Game Designer Comete

No meio de várias coisas a se pensar na criação de um jogo existem algumas coisas que o game designer terá uma certa dificuldade, e essas dificuldades vão se traduzir em erros no final do projeto. E é exatamente sobre isso que iremos falar, iremos mencionar alguns erros mais comuns na criação de jogos para você aprender com eles e não cometê-los nos seus projetos, para ser ainda mais exato iremos falar sobre os 2 maiores erros de Game Designers na sua atuação.

1º QUERER CRIAR UM JOGO MUITO GRANDE NO COMEÇO

Não queira começar sua carreira criando o maior jogo do mundo, lembre-se que você está começando, comece do começo, não adianta você querer criar um jogo muito grande se ainda você não desenvolveu e praticou as habilidades necessárias para isso, se você já começar dessa forma as chances do seu primeiro projeto sair péssimo são muito grandes. Siga a minha dica que você não irá se arrepender, pelo contrário irá me agradecer, comece pelo começo, lembre-se de começar pelo começo. Jogos grandes precisam de uma equipe para serem criados, no começo isso se torna difícil, continue trabalhando que com certeza em breve você chegará onde você quer chegar e criará grandes jogos, jogos de muito sucesso, mas para isso você precisa respeitar o processo. Aqui menos acaba sendo mais, comece criando games com um escopo menor, é melhor que você termine um jogo de escopo menor do que já começar com um muito grande e não finalizar, além de perder tempo você irá se frustrar e quem sabe até desistir da brilhante carreira. Respeito o seu processo, continue sendo constante na sua profissão e em breve você será diretor de grandes jogos.

2º NÃO TESTAR O JOGO COM PACIÊNCIA

No momento de criação do seu projeto uma coisa muito importante a se fazer é enviar o seu jogo para amigos e parceiros de profissão para testarem o seu jogo e lhe dar um feedback, por mais importante que isso pareça ser, ainda assim muitas pessoas não testam o seu próprio jogo antes de lançar ele no mercado. Mande para os amigos, amigos dos seus amigos, em comunidades e entre outros lugares que você pode estar passando o seu jogo para as pessoas testarem, é um passo simples, não deixe de fazer isso. E você deve testar o seu jogo em todos os âmbitos do desenvolvimento dele, desde quando é um simples protótipo até já possuir alguma demo daquele jogo, beta, você precisa testar tudo antes de entregar ele ao público, você já teve a experiência de jogar um jogo todo “bugado”? Provavelmente sim, e você sabe muito bem que isso foi uma experiência muito ruim e que provavelmente você passou a odiar o jogo. Então não queira que o jogador do seu próprio jogo tenha a mesma experiência. Não teste por conta própria.

Compartilhe este post:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Este blog utiliza cookies para garantir uma melhor experiência. Se você continuar assumiremos que você está satisfeito com ele.